top of page

União estável e pensão por morte. Um caminho de amor e justiça!



O título União estável e pensão por morte. Um caminho de amor e justiça
União estável e pensão por morte. Um caminho de amor e justiça

Em meio à correria da vida, seus caminhos se cruzaram. Um olhar, uma faísca... o início de um amor verdadeiro que desafiaria todas as expectativas.


Com o passar dos dias, a paixão se consolidou em uma profunda conexão. Compartilharam sonhos, alegrias, tristezas e construíram um lar cheio de amor e cumplicidade. Uma união estável!


A vida, nem sempre justa, impôs um destino cruel. A partida repentina de quem tanto amava deixou um vazio imenso e uma dor profunda.


Com o coração apertado, mas com a necessidade de seguir em frente, você partiu em busca de seus direitos. A pensão por morte no INSS era um caminho para garantir o mínimo de amparo e segurança nesse momento tão difícil.


Para garantir a pensão, era preciso provar a união estável. Certidão de nascimento de filhos em comum, contas bancárias conjuntas, contratos de convivência, declarações de imposto de renda, fotos, cartas... Cada documento era uma lembrança viva do que viveram juntos.


Você reuniu os documentos e apresentou seu caso ao INSS, mas o pedido foi indeferido. Mas você não desistiu! Com a ajuda de um advogado especializado em direito previdenciário, a justiça reconheceu a união estável e concedeu sua pensão por morte.


A dor da perda jamais se apagará, mas a pensão por morte garante um mínimo de dignidade e segurança para você seguir em frente. A lembrança do amor que os uniu será para sempre a sua maior força.


Não deixe a burocracia te impedir de receber o que você tem direito! A pensão por morte pode garantir sua dignidade e segurança.

3 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page