top of page

O grande erro do trabalhador de não corrigir o CNIS antecipadamente!


Erro do trabalhador de não corrigir o CNIS
Corrigir cnis

Se você está planejando solicitar a tua aposentadoria, aqui vai uma dica valiosa: não deixe para corrigir o teu CNIS na última hora! Esse é um erro frequente que pode prejudicar o teu pedido e atrasar todo o processo.


Muitos trabalhadores ainda não se deram conta da importância de um planejamento previdenciário adequado ou de buscar a ajuda de um advogado especializado com antecedência. Infelizmente, isso significa que muitos chegam aos escritórios quando já é tarde demais, às vésperas de dar entrada no pedido de aposentadoria ou até mesmo depois de receberem uma negativa do INSS. E, nessa situação, a urgência em resolver tudo acaba gerando ainda mais ansiedade.


Mas existem situações ainda piores. Não são raras as vezes que chegam ao escritório com o trânsito em julgado de uma ação proposta no Juizado Especial Federal, sem ter o apoio de um advogado. É realmente triste ver o prejuízo sofrido e que para “consertar” demanda ainda mais tempo, quando possível.


O problema é que corrigir o CNIS é um processo burocrático e técnico, que demanda tempo e a apresentação de diversos documentos. Além disso, muitos segurados desconhecem o fato de que as provas podem se deteriorar com o tempo.


Por exemplo, pode ocorrer a perda da Carteira de Trabalho, contracheques ou até mesmo enfrentar dificuldades para obter o reconhecimento de um período especial de trabalho devido ao fechamento da empresa, tornando impossível encontrar os responsáveis para emissão da documentação necessária.


Portanto, a lição aqui é clara: não deixe para a última hora o processo de correção do teu CNIS. Planeje-se com antecedência, reúna todos os documentos necessários e, se possível, busque o auxílio de um advogado especializado.

Dessa forma, você estará mais preparado(a) e evitará possíveis transtornos no caminho rumo à tua merecida aposentadoria.

9 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page