top of page

Desconto do INSS no salário muda a partir deste mês: quanto vou pagar?


O valor descontado dos trabalhadores empregados como contribuição à Previdência Social varia de 7,5% a 14%, e depende do salário recebido. Veja como fica:


  • Até um salário mínimo (R$ 1.302): 7,5% ;

  • De R$ 1.302,01 a R$ 2.571,29: 9%;

  • De R$ 2.571,30 a R$ 3.856,94: 12%;

  • De R$ 3.856,95 a R$ 7.507,49: 14%;


As novas faixas se referem aos salários de janeiro, mas começam a ser recolhidas em fevereiro.


As novas faixas de contribuição ao INSS valem para trabalhadores com carteira assinada, domésticos e trabalhadores avulsos. As contribuições são obrigatórias e descontadas diretamente do salário


Já o pagamento realizado pelos “autônomos” – contribuinte individual - por meio da Guia da Previdência Social (GPS) que pode ser gerada no site da Receita Federal ou através de carnê devem observar os seguintes valores:


  • Contribuinte individual 20% - 20% sobre um valor entre o salário mínimo R$1.302,00 e o teto do INSS R$7.507,49;


  • Contribuinte individual 11% - 11% sobre o valor do salário mínimo R$1.302,00 = R$143,22;


  • Contribuinte individual / facultativo (baixa renda) 5% - 5% sobre o valor do salário mínimo R$1.302,00 = R$65,10;


#ficaadica. Suas guias/carnês são os comprovantes de que você realizou contribuições no INSS. Se houver erro nelas, você pode ter dificuldade de conseguir seu benefício futuramente. Então, fique atento!

4 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page